Portal Caparaó

SAÚDE

25/07/2018 - Atualizado em 26/07/2018 11h53

Unimed realiza workshop gratuito sobre prevenção de quedas no Idoso

MANHUAÇU (MG) - No Brasil, cerca de 30 a 60% dos idosos caem ao menos 1 vez por ano e o risco de cair aumenta com a idade. Ironicamente, as quedas nos domicílios são as mais frequentes. Qualquer pessoa corre o risco de cair, mas quais seriam as implicações no idoso?

Sabe-se que o processo de envelhecimento traz consigo mudanças fisiológicas que tornam o indivíduo mais vulnerável a situações de saúde desfavoráveis e, consequentemente, às lesões decorrentes de uma queda. A presença de doenças crônicas não transmissíveis nesta população associada ao declínio funcional natural da idade torna a queda um evento potencialmente perigoso.

Tanto as mudanças fisiológicas que incluem a diminuição da visão, da audição, da massa muscular, da massa óssea, o próprio avanço da idade, quanto a presença de fatores externos e comportamentais aumentam as chances do idoso cair. As consequências decorrentes da queda têm grande impacto na qualidade de vida, pois podem levar a restrição da mobilidade, incapacidade funcional, potencialização do isolamento social, insegurança e medo, que acumulados podem desencadear um efeito dominó.

Além disso, a reabilitação de uma lesão grave (exemplo: fratura, traumatismo craniano) causada por uma queda pode ser demorada, e o prolongamento da imobilidade e de uma internação pode levar a complicações mais graves como o tromboembolismo venoso, úlceras de pressão e incontinência urinária, risco para infecções, entre outros.

Estilo de Vida Saudável

Preocupada com essa situação a Unimed Vertente do Caparaó realiza no próximo dia 04 de agosto, um workshop sobre a prevenção de quedas, abordando os fatores de riscos que podem proporcionar a queda de idosos dentro de casa e as medidas a serem tomadas caso isso aconteça.

“Muitas vezes nem percebemos que o ambiente ao nosso redor pode facilitar um episódio de queda, como: iluminação inadequada; superfícies escorregadias; tapetes soltos; presença de degraus altos ou estreitos; obstáculos no caminho (móveis baixos, pequenos objetos, fios, animais de estimação); ausência de corrimãos em corredores e barras de apoio no banheiro; prateleiras, cadeiras e camas excessivamente baixas ou elevadas; roupas e sapatos inadequados; via pública mal conservada com buracos ou irregularidades e órteses inapropriadas”, explica a Terapeuta Ocupacional, Jéssica de Paula.

Durante toda a manhã acontecem palestras e atividades relacionadas ao tema. “Teremos palestras com médicos (clínico e geral e ortopedista), além de profissionais da saúde falando sobre prevenção, tratamento, reabilitação e atividades físicas”, completa.

Tratando-se de que a queda ocorre principalmente em ambiente doméstico, podemos preveni-la com simples medidas que possam facilitar a execução de atividades diárias dentro de casa.

O workshop é gratuito.

Entre em contato e faça sua inscrição.

Espaço Viver Bem – Unimed Vertente do Caparaó

Rua Maestro Filomeno dos Santos, 109 – Centro – Manhuaçu (MG)

(33) 3339-4410

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.