Portal Caparaó

carregando...

POLÍCIA

11/11/2011 - Atualizado em 11/11/2011 1h45

Preso homem que matou pedreiro no Coqueiro

Delegado Getúlio Lacerda

Está preso no presídio de Manhuaçu, o homem acusado de ter assassinado o pedreiro Maurício Pereira Paixão, 40 anos, morador da Rua Duarte Peixoto. O crime aconteceu na madrugada do dia 04, passado. A vítima retornava à sua casa, depois de deixar a esposa no serviço. Foi surpreendido pelo desafeto, que sem piedade efetuou os disparos atingindo-o no tórax, perna e pescoço.

A Delegacia de Homicídios levantou que a vítima havia contado para os colegas de trabalho, que estava recebendo ameaça de morte por um morador de Reduto. Com base nas informações, a polícia descobriu tratar-se de João Batista Monteiro, “Zói de Sapo”.

Ficou apurado que o crime teve motivação passional, visto que em data pretérita, a vítima teve um relacionamento com a mulher de João Batista Monteiro. Alimentando um ódio descontrolado, João Batista “Zói de Sapo”, planejou cometer o crime para ficar livre de Maurício Pereira Paixão.

A investigação aponta também que o acusado foi “instigado” por terceira pessoa para matar Maurício.
A Justiça decretou a prisão temporária do acusado, que foi abordado na manhã de sexta-feira,11,  por policiais militares do Destacamento de Reduto, quando saia de sua casa para homiziar  no Espírito Santo. Segundo o delegado da Homicídios,  Getúlio Vargas de Lacerda, as investigações terão seqüência para desvendar a quem interessaria a  morte de Maurício Pereira Paixão.

Eduardo Satil - portalcaparao@gmail.com

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.