Portal Caparaó - PC de Abre Campo prende acusado de estelionato com carro em Betim
Segurança

PC de Abre Campo prende acusado de estelionato com carro em Betim

11/10/2018 - Atualizado em 13/10/2018 12h12

ABRE CAMPO (MG) - A Polícia Civil de Abre Campo conseguiu prender um homem que aplicou um golpe e adquiriu um veículo com base numa declaração falsa de Imposto de Renda em nome de outra pessoa. Ele comprou um carro e estava circulando na região metropolitana de Belo Horizonte. A vítima está respondendo um procedimento administrativo na Receita Federal e recebeu multas por conta de infrações cometidas na capital com o tal carro do esquema de estelionato.

Segundo a 31ª Delegacia de Polícia Civil de Abre Campo, as investigações começaram depois que a vítima foi tentar renovar a Carteira de Habilitação. Os fatos somente foram descobertos porque havia um procedimento administrativo de impedimento. O motorista tinha somado mais de 30 pontos no prontuário devido multas de trânsito geradas pelo veículo que estava de posse do estelionatário, sendo a maioria em radares da região metropolitana de Belo Horizonte.

Como não era o possuidor do carro e nem mesmo havia se deslocado para a capital mineira, o motorista relatou o caso na Polícia Civil.

A delegacia de Abre Campo iniciou uma investigação de crime de estelionato e apurou que uma ou mais pessoas acessaram o sistema de declaração de Imposto de Renda da Receita Federal via internet, inseriram os dados da vítima, forjando uma declaração falsa de renda e bens, declarando valores que geraram um patrimônio de 900 mil reais.

Com o comprovante desta declaração, o criminoso foi a uma agência bancária se passando pela vítima com carteira de identidade falsa e conseguiu financiar um veículo, registrar e emplacar como se fosse a vítima.

Após investigação, foi identificado um suspeito que estaria de posse e usufruindo do veículo na cidade de Betim/MG. Segundo a PCMG, o suspeito tinha problemas de crediário para conseguir empréstimos ou financiamento em seu nome, devido a alguns processos de cobranças bancárias que tramitam no judiciário.

A partir daí, a PCMG representou pela custódia preventiva do suspeito. A medida foi concedida pelo Judiciário com aval do Ministério Público.

Com apoio da Agência de Inteligência da Polícia Civil da Delegacia Regonal de Betim nesta quarta-feira, 10/10, foi realizada a prisão do suspeito Rodrigo Barbosa Mantovani, 53 anos. Ele foi encaminhado para o Presídio de Abre Campo.

As investigações prosseguem visando esclarecer a participação de outros autores, uma vez que o crime trouxe um grande prejuízo para o nome da vítima. Além da dificuldade de renovar sua CNH, o motorista enfrenta um processo na Justiça Federal por sonegação de imposto de renda causado pela falsa declaração inserida no site da Receita Federal.

As diligências foram realizadas pelos policiais cvis da 31ª DPC/Abre Campo, Ronaldo de Assis Mamédio, Camila de Moura Godinho e Lucas Andrade Miranda e policiais da Agência de Inteligência da PC em Betim, Hamilton Fernandes Tavares, Lucas Manoel Gomes Oliveira, Alex Lomas de Souza Ameno, Marco Antônio Nunes de Souza e Rodrigo Fernandes Tavares, com a coordenação do Delegado Dr. Felipe de Ornelas Caldas e apoio do Dr. Álvaro Homero Huertas dos Santos, Delegado Regional de Betim.

Com informações da Polícia Civil

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.