Portal Caparaó - Gestão eficiente: respiradores adquiridos pelo Governo de Manhuaçu são os mais baratos do país
Política

Gestão eficiente: respiradores adquiridos pelo Governo de Manhuaçu são os mais baratos do país

12/05/2020 - Atualizado em 12/05/2020 16h37

MANHUAÇU (MG) - Entendendo a realidade e a necessidade de combater o Covid-19, não só através da prevenção, mas também com equipamentos fundamentais à saúde dos pacientes, a prefeita Cici Magalhães conseguiu adquirir nove respiradores em março deste ano por R$ 49 mil cada. É o valor mais barato do Brasil, o que mostra a eficiência e compromisso com o erário.

Os equipamentos foram comprados com recursos próprios na ordem de R$ 441 mil e estão instalados na Unidade de Apoio Respiratório (UTI Covid). Os nove respiradores chegaram no dia 24 de março e estão sendo importantes aliados no tratamento a pessoas com os sintomas do Covid-19 no município.

A prefeita Cici Magalhães explica que os respiradores estão instalados no HCL em forma de comodato, ou seja, continuam pertencendo ao município. “É importante unirmos forças neste momento. O Hospital Cesar Leite é um grande parceiro da saúde de Manhuaçu. Esses respiradores chegaram em excelente hora e deverão ser muito bem utilizados quando for necessário”, comentou.

Vale destacar que em todo o Brasil, os respiradores se encontram em preço muito fora do convencional. Para se ter uma ideia, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, adquiriu os equipamentos por R$ 58 mil. Já o governador do Ceará, Camilo Santana, conseguiu por R$ 117 mil.

Outros governadores, como os dos estados de São Paulo (João Dória) e do Rio de Janeiro (Wilson Witzel) compraram respiradores por R$ 183 mil e R$ 198 mil, respectivamente.

Além dos novos respiradores adquiridos, a Prefeitura de Manhuaçu repassou 172 mil reais para o Hospital César Leite reformar sete equipamentos que possui e estavam com defeitos.

Secretaria de Comunicação Social 

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.