Portal Caparaó

CIDADES

07/02/2018 - Atualizado em 08/02/2018 11h12

APAC Manhuaçu homenageia parceiros voluntários

MANHUAÇU – Durante ato socializador, realizado na manhã desta sexta-feira (2), a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (APAC) de Manhuaçu prestou homenagens ao Grupo de Oração “Coração Adorador” e ao Corpo de Bombeiros. Ambas as instituições são parceiras e foram reconhecidas pelos relevantes serviços prestados ao método apaqueano de ressocialização dos reeducandos.

De acordo com a presidente da APAC, Denise Rodrigues de Oliveira, os recuperandos são acompanhados durante todo o mês e trabalham dentro da unidade apaqueana acumulando pontos. São metas que eles precisam alcançar e que servem de incentivo para que busquem melhorias e cumprimento de regras.

“Desde quando acordam, até o momento em que vão dormir, passando pela limpeza do estabelecimento, uso do crachá, arrumar a cama, enfim, tudo do dia a dia tem pontuação. Eles cumprem regras e marcam pontos por isso. Tudo isso é avaliado ao final do mês”, explicou Denise.

Dentro do ato socializador, que um momento de reconhecimento das atividades realizadas durante o mês, um voluntário, que ajuda na recuperação dos reeducandos, é convidado para ser homenageado. “O nosso trabalho não seria possível se não fosse a ajuda de uma verdadeira força-tarefa, que vem dos nossos parceiros voluntários. O voluntariado é a base, a espinha dorsal do método apaqueano”, analisou a presidente da APAC.

O Grupo de Oração “Coração Adorador” presta serviço espiritual voluntário desde a primeira semana de funcionamento da APAC. Já o Corpo de Bombeiros é um grande parceiro ao abrir as portas da unidade militar para receber recuperando na prestação de serviços internos.

HOMENAGENS E PARCERIAS

Representando o Grupo de Oração “Coração Adorador”, o membro Ítalo Martins, explicou que a parceria é realizada toda segunda-feira e tem dado muitos resultados positivos para os recuperando.

“Primeiramente, quero agradecer à APAC por esta homenagem. O nosso trabalho é gratificante, pois ao levarmos a palavra de Deus para os reeducandos, queremos dizer a eles que os erros do passado ficaram lá fora. Não estamos aqui pelo pecado, mas sim pelo pecador. Queremos que eles sejam recuperados da melhor maneira e voltam à sociedade como pessoas realmente melhores”, comentou Ítalo.

O Corpo de Bombeiros foi representado pelo comandante, tenente Flávio. Ele agradeceu à homenagem e reiterou que a unidade militar está de portas abertas para receber os recuperandos da APAC.

“A cada três dias trabalhados, é reduzido um na pena do reeducando. Precisamos de mão de obra e muitos deles conhecem dos ofícios que precisamos. Por isso, um ajuda o outro. Somos muito gratos pela homenagem e estamos aqui para contribuir com a recuperação deles da melhor maneira possível”, concluiu tenente Flávio.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.