Portal Caparaó

ECONOMIA

14/06/2018 - Atualizado em 15/06/2018 12h09

BeerTech quer conhecer o perfil dos consumidores da região

MANHUAÇU (MG) - Uma nova "onda" de startups surge no cenário mundial: as BeerTechs, empresas voltadas exclusivamente para o público cervejeiro.

A nova jornada sensorial dos apreciadores de cerveja, por exemplo, está pautada pela experimentação, pelo desejo de novidades e receitas completamente diferentes do tradicional. Além disso, é possível ter um produto de alta qualidade provido por um fornecedor menor, que agrega novos sabores e tenha uma boa história que conecta ao mundo consumidor e não apenas expõe sua marca de forma indiscriminada como as grandes companhias fazem.

Com certeza absoluta você já conhece ou ouviu falar em startups que se especializam em segmentos específicos para revolucionar uma jornada de consumo, prestação de serviço ou fabricação destas cadeias.

AgroTechs, EdTechs, FinTechs, e outros termos foram criados para rotular tais empresas e agora um novo grupo de startups está focando na revolução da experiência de consumo das cervejas, as chamadas BeerTechs (batizadas por um investidor novo no ramo).

Mas como associar a tecnologia ao mundo cervejeiro?

Essas novas empresas nascem com o principal desafio de conduzir a experiência cervejeira de ponta-a-ponta, desde a prospecção de novos rótulos, passando pela entrega até a coleta das impressões da degustação, servindo como um feedback direto ao produtor.

E o Coffee Valley - incubadora de empresas da Facig, em Manhuaçu, não está de fora!

A BeerTech Caparaó está sendo desenvolvida no Coffee Valley e conta com uma proposta inovadora para a região. Mas para isso, a equipe de empreendedores precisa compreender melhor a opinião dos consumidores.

Você que é fã de cerveja, principalmente, cervejas artesanais, pode contribuir com a pesquisa que está sendo desenvolvida pelo professor do curso de Engenharia de Produção Marcelus Xavier.

Para ajudar, basta responder o questionário, clicando AQUI

WORKSHOP

O Coffee Valley é a incubadora de empresas da Facig, um ambiente descontraído que promove o desenvolvimento de ideias além de apoiar e estimular a criação e/ou desenvolvimento de novos empreendimentos, seja prestação de serviços, de base tecnológica ou de manufatura, voltadas à produção de bens ou serviços especialmente inovadores.

Dentro desse espírito acadêmico e de incentivo a inovação, recentemente aconteceu um Workshop de Cerveja Artesanal no Coffee Valley integrando a programação da Semana de Arquitetura e Engenharias.

Na sede da Incubadora de Startups Coffee Valley, os professores do curso de Engenharia de Produção Marcelus Xavier e Gláucio Araújo ministraram um workshop de Cerveja Artesanal.

Durante a produção da cerveja artesanal, diversos procedimentos são realizados (moagem, mostura, fervura, fermentação, resfriamento, maturação e dry hopping) e todo esse processo sofre variações de acordo com o estilo de cerveja a ser feito. Este aprendizado contribui para a compreensão das etapas de fabricação a associação com demais processos do meio industrial.

Carlos Henrique Cruz - carlos@portalcaparao.com.br

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.